2005/10/14

cama PmA (não neurótica, não fóbica)

Onde acaba o público e começa o privado? Cada vez mais se esbatem certas fronteiras com as tecnologias de informação. Achei piada a este fervilhante fenómeno. Misto voyeurismo, misto exibicionismo: tanto ver como dar a ver. Junto com a Jacky, decidi entrar por ele dentro de cabeça, partilhando-o e partilhando-me. Aceitou, a Jacky, fazer parceria comigo nesta aventura e prosseguir com ela assente na filosofia de blogs que a este se assemelham e o precedem. Afinal, porque não a minha cama?

A Jacky já terá dito tudo. Não somos esquisitos de gosto e aceitamos de praticamente todos os tipos, pequenas, grandes, adulto, criança, solteiro, casal, corpo e meio - como este exemplar -, dois corpos e meio, curtas, até aos três metros; tanto faz, desde que participem. É mais um, outro, convite a mostrar ser visto/ ver ser mostrado, de forma sempre indirecta através dos objectos. De qualquer forma, recordo que o e-mail pára aí em cima algures: resta enviarem fotos e/ ou textos conforme entenderem.

Por ora não acrescento mais, fico por aqui. Talvez só mais uma palavra, que estamos ansiosos por ver os posts seguintes que dependem quase exclusivamente de vocês. Assim, até breve; espero.

4 Comments:

Blogger jacky said...

Diz lá a verdade (lá a verdade)
Arrumaste tudo para a foto, não foi? ;)

14/10/05 23:41  
Blogger PmA said...

Fico triste com esse comentário... :(
;)

15/10/05 17:26  
Blogger jacky said...

Quem deu o bicharoco? :)

17/10/05 09:04  
Blogger PmA said...

O meu Sad? Ah, isso é segredo dos deuses...
:P

17/10/05 09:34  

Enviar um comentário

<< Home